Rosa amarela,

representas a amizade,

no teu botão

orvalhos de lealdade.

No teu abrir

apoio e carinho.

O dividir do pão.

O dividir do sangue

de Cristo, o vinho.

É inapta a solidão

com tua elegante presença.

Tua doce fragrância,

exala  notas de amor

confiança e crença.

E sob o sol

refletes a tolerância.

No teu esmorecer:

promessas de novas sementes.

Será, rosa amarela?

Eu te pergunto.

Que dentro de uma

concorrência qualquer

da vida,

você segura a minha

mão e prosseguimos unidas?

Ou você me tira do teu

caminho,

usando teu impiedoso espinho?



glaci-saf *21h35






- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 04/04/2010 a 10/04/2010